Evolução / Evolution (EUA,2001)

Pois bem, estava faltando um filme realmente ruim por aqui. Não meramente ruinzinho como Memórias de uma Gueixa, mas ruim de verdade. Ontem, trocando de canais preguiçosamente, vi que estavam reprisando Evolução na HBO. O diretor Ivan Reitman (Os Caça-Fantasmas) mostra que perdeu o rumo de vez nesta produção desastrada e de incrível mau gosto.

David Duchovny (sim, Fox Mulder) e Julianne Moore (Magnólia) lideram um elenco bacana que parece fazer de tudo para salvar o filme. Nem sei dizer se é o mesmo caso do segundo filme da série Onze, Doze, Treze Homens…, que só era engraçado para quem participou das filmagens, porque neste aqui nem os atores parecem estar se divertindo – na verdade, eles se esforçam para nos fazer acreditar que há algo engraçado acontecendo. O fato é que Evolução não pretende ser realmente engraçado, ele quer ser divertido, aquele tipo de filme que se assiste com um sorriso no rosto o tempo todo, e algumas risadas ocasionais, como o ótimo e primeiro Homens de Preto. Infelizmente, Evolução está mais para a continuação das aventuras dos guardas da fronteira intergaláctica de Will Smith.

Enfim: um asteróide cai na Terra trazendo as sementes biológicas que deram origem a vida nesta rocha estéril bilhões de anos atrás. E começam tudo de novo, em ritmo ultra-acelerado. É a desculpa perfeita para o pessoal de criação dar vida a seres bizarros e curiosos graças a bons efeitos especiais, muito embora monstrengos em CG já não fossem grande novidade em 2001. De qualquer maneira, são a salvação do filme, a única razão que me impede de revogar aquele asterisco solitário lá da cotação.

Há uma única boa piada, ainda que grosseira, envolvendo um sorvete e um mosquito gigante (não pergunte). O final é medonho; estaria perfeito em South Park, não aqui.

O cartaz é bacaninha, um eco muito, muito distante do tipo de humor esperto de Douglas Adams.

Cotação: *

Página no IMDB

Anúncios

2 Responses to “Evolução / Evolution (EUA,2001)”


  1. 1 cb201137 maio 12, 2008 às 9:54 pm

    Nunca vi o filme, mas só pelo post não terei o prazer… Se você quer um filme realmente ruim, tente O SACRIFICIO com Nicolas Cage em um dos seus vários papéis horríveis (calma, ele tb tem coisas boas no curriculum).

    http://longametragem.wordpress.com

    Abraço,
    Bueno.

  2. 2 Marcelo Lopes maio 12, 2008 às 10:06 pm

    Bueno,

    Muito bom o seu blog, não conhecia.
    E eu vi O Sacrifício… no cinema! Duas horas e uns bons reais que não voltarão jamais. Cage tem uma capacidade incrível de entrar em furadas, assim como a Juliane Moore – aliás, os dois trabalham em outro filme mais ou menos: O Vidente. Esse, pelo menos, eu só vi em DVD mesmo.
    E este foi o comentário mais rápido da minha curta vida de blogueiro: menos de 10 minutos depois de postar, você apareceu.

    Abraço!
    Marcelo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: