Antes de Partir / The Bucket List (EUA, 2008)

O apelo de unir Morgan Freeman e Jack Nicholson era irresistível, até porque, de certa forma, são atores em situações relativamente parecidas. Ambos possuem talento inegável, mas passam boa parte do tempo interpretando a si mesmos ou, dito de outra forma, o mesmo personagem. Não é um problema exclusivo da dupla (Liam Neeson parece condenado a interpretar o sábio; Greg Kinnear, o sujeito bacana e assim por diante), mas talvez sejam os melhores representantes desta respeitabilidade algo fanfarrona. Apenas para comparar, desde Fogo Contra Fogo de 1995 que Robert DeNiro não faz um grande filme; Nicholson teve ao menos Os Infiltrados. Bom, a situação de Freeman é um pouco diferente: ele faz filmes medianos e alguns um pouco acima da média onde pode exercitar seu semblante sereno e a voz forte, porém calma. Não é diferente em Antes de Partir.

Nicholson é Edward Cole, empresário multimilionário dono de uma rede de hospitais, entre outros negócios, que descobre estar com câncer. Ao seu lado, no mesmo quarto, está Carter Chambers (Freeman), um mecânico culto e em tudo diferente dele. Se Cole dedicou-se a construir um império e desprezou a família, Chambers desprezou seu potencial intelectual e se dedicou a família. A convivência trará a amizade e com ela o convite irrecusável para viajar o mundo realizando alguns últimos desejos, devidamente financiados pela fortuna de Cole.

Como se vê, o roteiro de Antes de Partir assenta-se sobre uma série de clichês e nem sempre sabe lidar bem com todos eles. Quando os personagens nos são apresentados, logo sabemos que aquela fortaleza de impropérios representada por Jack Nicholson ruirá diante da necessidade de aproximação familiar. Não há grandes surpresas, é um filme de público médio, embora pareça um público oposto aos adolescentes barulhentos que vibram com robôs se estapeando num fiapo de roteiro. O fato é que Antes de Partir apenas atende a um outro grupo dentro do mesmo público dos multiplexes – o dos que apreciam um drama à la Hallmark Channel. Não, isso não significa que os filmes que estes grupos apreciam sejam sempre ruins; mas é verdade que a maioria fica na média desta comédia dramática.

Há, claro, Freeman e Nicholson; algumas boas sacadas, o final improvável e bacana e uma surpresa sobre a narração em off que prefiro não revelar. Acredito ser dispensável dizer que os atores principais compensam os problemas da produção.

Cotação: ***

Página no IMDB
Site oficial

Anúncios

2 Responses to “Antes de Partir / The Bucket List (EUA, 2008)”


  1. 1 Anderson Siqueira outubro 9, 2008 às 1:21 pm

    Olá! Gostei do seu blog e principalmente do assunto, já que também tenho um blog sobre cinema. Estarei sempre aqui. Te favoritei e aguardo uma visita no meu também.
    Sobre o filme (“Antes de Partir”), achei muito interessante e bonito. Escrevi mais no meu blog. Se der, vá lá e deixe um comentário. Já adianto que a minha nota (entre 0 e 5) foi 4.
    Um forte abraço.

  2. 2 Marcelo Lopes outubro 11, 2008 às 11:28 pm

    Anderson,

    Eu tb gostei muito do seu blog – já está favoritado. Ótimo o nome que você escolheu e a foto do Amelie Poulain no banner está perfeita.
    Quanto ao Antes de Partir, eu esperava um pouco mais do filme, mas é bom sim.

    Abraços!
    Marcelo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: